sábado, 1 de maio de 2010

Atitude é a Solução

A forma de viver do ser humano, esta sempre na dependência de sua condição biológica e ambiental.
Sabe-se que há vários direcionamentos para chegar a uma boa qualidade de vida; a educação, alimentação, recreação, moradia, segurança, condição sócio-econômica e tantos outros.......

Referente ao meio ambiente é claro e notório que com o avanço tecnológico, conseqüências foram sentidas, podemos citar com exemplo a alteração nos setores climáticos. As estações do ano antes uma determinante, hoje, a dúvida de qual estação estamos.
Importante é estar atento com a saúde. .Verão, época de calor intenso e chuvas freqüentes em vários estados e municípios do nosso país, trazendo como conseqüência sérios prejuízos como: desmoronamentos, doenças, mortes, queda brutal na qualidade de vida, e mais......

A Dengue é uma delas, doença extremamente preocupante, viral, responsável por epidemias recorrentes acontecendo na sua maioria nos grandes centros onde a rápida urbanização gera insuficiente estrutura de saneamento básico e aumento do número de pessoas infectadas, transmitindo de forma rápida e numerosa em todas as direções.

A Dengue pode levar à morte; mas com um planejamento e a participação de cada ser humano da nossa sociedade, dando especial atenção cada um deles ao seu espaço físico, com métodos de controle vetorial através de ações básicas, juntamente com os profissionais da saúde esclarecendo dúvidas e buscando apoio necessário, podemos sem dúvida dificultar a proliferação do mosquito e identificar casos.

Detectar sintomas em tempo hábil é o caminho ideal para um tratamento eficaz levando à uma redução de óbitos e de transmissibilidade.

Suspeita da doença: sintomas como febre com duração máxima de sete dias, com pelo menos dois dos sintomas seguintes: cefaléia, dor ao redor dos olhos, mialgia, artralgia, prostração , exantema, ter tido contato nos últimos 15 dias em área de transmissão ou contato com o mosquito Aedes Aegypti, é ter mais certeza que a doença se instalou.

A Dengue é um desafio para a Saúde Pública, pois é um sério problema não só no Brasil, mas no mundo.

Unidos com o mesmo propósito acompanhado de responsabilidade, conhecimento e persistência consegue-se com certeza ir de encontro com uma redução acentuada, na letalidade por Dengue em nosso país.

Dengue não é um problema individual, mas sim de uma coletividade.
Vamos enfrentar com fibra e grandeza este desafio.

Vamos acabar com a Dengue antes que ela acabe conosco.

Um comentário:

Fatima disse...

A Dengue não é um problema individual,mas onde esta as pessoas responsáveis pela Saúde Pública,e onde o Governo federal mais investe em campanhas belissimas. Mas enfim não resolve.Tive Dengue a tres semanas ,se manifestaram, mas não fizeram nada ate agora.Muito bom o seu artigo, gostei, essa e nossa verdadeira Saúde.